sexta-feira, 22 de março de 2013

Dia Mundial da Água





Ontem Alice me chamou, após o jantar, e disse: "Mamãe, abre aí uma outra janela que eu preciso fazer uma pesquisa", significando "Passe pra cá este notebook".  Desacelerei a pequena e desapropriei o equipamento do pai dela. Ela se atrapalhou um pouco com a busca   mas em alguns minutos ela já estava com uma lista de sites que falavam sobre água. Refinei a busca e escolhi uma página no Brasil Escola. O tema foi o Dia Mundial da Água. Pedi que lesse enquanto eu terminava de escrever uma matéria. Depois fizemos juntas um resumo e minha princesa, satisfeitíssima, escreveu meia página de informações em seu caderno de ciências.

Hoje fui trabalhar e fiquei bastante inquieta porque vi no quadro que nenhuma escola de rede havia agendado conosco cobertura para as atividades do dia. Escrevi um release sobre a participação da secretaria em um evento do Sindicato dos Jornalistas sobre assédio moral contra as mulheres, jornalismo inclusivo e discriminação racial, que marcou o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial. Mas como o assunto da água continuou me perseguindo, cá estou.


A Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Mundial da Água, em 22 de março de 1992 e em 10 de dezembro de 2002, o senado brasileiro aprovou o Dia Nacional da Água.
Dentre as principais abordagens contidas na Declaração Universal dos Direitos da Água da ONU, estão:

- Devemos ser responsáveis com a economia de água, pois essa é condição essencial de vida;
- A água é um patrimônio mundial e toda a humanidade é responsável pela sua conservação;
- O equilíbrio do planeta depende da conservação dos rios, mares e oceanos, bem como dos ciclos naturais da água, utilizando-a de forma consciente;
- A humanidade deve ser solidária, evitando o seu desperdício e lutando pelo seu equilíbrio na natureza, pois  disso dependem as gerações futuras.

Segundo a ONU, 11% da população do planeta não tem aceso à água potável, ocasionando a morte diária de aproximadamente 3.000 crianças menores de cinco anos por doenças  como a cólera ou a disenteria. Além disso, 2,5 bilhões de pessoas não tem acesso à instalações sanitárias, o que causa diversos problemas de saúde, sociais e ambientais.

A atividade agropecuária é a maior consumidora de água do planeta, seguida da industrial. Os produtos que consumimos também nos transformam em esbanjadores, se não adotarmos um consumo consciente. Levando-se em consideração que menos de 3% da água do mundo é doce e 2,5% estão congeladas na Antártica, no Ártico e em glaciares e, portanto, não estão disponíveis para consumo, precisamos ficar atentos e educar bem nossas crianças.






Links:
http://www.brasilescola.com/datas-comemorativas/dia-nacional-da-agua.htm
http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/agua-usos-abusos-497855.shtml


Nenhum comentário:

Deixe seu comentário no blog da Adriana Cirqueira

Ocorreu um erro neste gadget